15 de fevereiro de 2010

COMO MONTAR UM CHROMA KEY

Ai galera, resolvi fazer esse post com o intuito de passar como fiz pra editar o vídeo final do primeiro módulo do curso do senac, onde utilizei o chroma key no premier para melhorar a apresentação dos ancoras...
No início mal sabia nada de edição em chroma, e o trabalho final ficou 10...deem uma olhada no post http://discapino.blogspot.com/2010/02/senac-video-de-conclusao.html

Segue as fontes de estudo que busquei...

------------------------------------------------------------------
Post do Conker - link:http://www.babooforum.com.br/forum/index.php?showtopic=86700



Bem pessoal, vou tentar passar aqui para vocês um pouco do que aprendi durante 7 meses como "aprendiz" de operador de mesa de corte na allTV (http://www.alltv.com.br, TV feita para Internet). Na verdade eu entrei nessa TV com o objetivo na área de tecnologia, mas me colocaram da área de edição, por falta de gente. Como a TV era 24hrs ao vivo, tinha que ter alguém trabalhando das 1h ás 7hs da manhã.

O efeito de chroma-key é o que eu vou tentar ensinar aqui. Muita gente tem dúvida nesse efeito visual quando começa a trabalhar com o Adobe Premiere, atualmente a ferramenta mais usada nessa área de edição de vídeo. Mas antes de começar a "brincar" com o Premiere vamos entender um pouco com funciona as cores no vídeo.

No vídeo, todas as cores são formadas pela mistura do vermelho (Red/R), verde (Green/G) e azul (Blue/B). Quando a luz entra na câmera é dividida em três feixes. Todas as cores da imagem são decompostas em informações de RGB, que depois serão combinadas para reconstituir as cores originais. É possível substituir uma determinada cor por um sinal de vídeo qualquer. Por exemplo: num ambiente vazio, de uma única cor, por onde circula um apresentador, o fundo monocromático (background) pode ser substituído por imagens geradas por computador, videotape ou de uma segunda câmera. Assim funciona a chroma-key.

Quando essa técnica surgiu, as cores RGB eram as cores básicas para sua realização. Mas com a tecnologia atual, esse recorte pode ser feito com qualquer cor, mas se chegou em um consenso de que, para alcançar a maior precisão desse recurso, azul e, principalmente o verde, são as cores que têm maior qualidade para recorte. Também é possível realizar a troca de imagem com o vermelho, mas ele carrega o problema de se aproximar muito do tom de pele avermelhado de algumas pessoas, o que pode acarretar em alguma interferência, enquanto essas estiverem diante do fundo recortado. A cor azul também é utilizada, mas como ela freqüentemente é encontrada em uma cenografia, optou-se pelo verde, porque é mais difícil deparar-se em cena com os tons dessa cor.

O motivo da cautela para a definição da cor usada é que a presença de um objeto no cenário com a mesma cor que a de recorte faz com que as imagens inseridas aparecam nesse objeto, um resultado da coincidência entre a tonalidade desse com a do plano de fundo. Por isso, um personagem que veste azul recebe as imagens que estão sendo inseridas em sua roupa, se esse estiver diante do plano de fundo com a mesma cor, durante a ação do recorte.


Através do Premiere, o recorte pode ser definido para agir na saturação de uma cor específica. Contudo, esse procedimento não se estabelece com extrema precisão. O programa pode "entender" que um tom de cor parecido diz respeito à saturação ordenada no comando, vazando o videotape também nessa cor.


A qualidade de recorte é também alcançada com as tintas que afastem a produção de reflexos da luz. O Adobe Premiere é preparado para recortar uma cor em específico. E um reflexo ou sombra em cima dessa cor pode alterá-la, atrapalhando o recorte, já que se cria um desequilíbrio entre o comando dado e as cores apresentadas para a tarefa. Existem empresas de tintas para a composição de cenários, que distribui no mercado a tinta chroma-key. Com uma pigmentação específica para se fazer o recorte, ela produz menos sombras, o que aumenta a qualidade do recurso.

Mesmo com tintas específicas, a grande dificuldade é a iluminação. O uso de iluminação fria (lâmpadas fluorescentes) prejudica a qualidade do efeito. Geralmente é usada uma combinação de iluminação fria e quente (lâmpadas incandescentes)

(*) Quando afirmo uma característica do Adobe Premiere, a mesma se aplica a mesas de corte onde encontramos esse efeito.

Mas vamos logo "por a mão na massa".

1. Abra o Adobe Premiere e escolha Multimedia Vídeo for Windows em Available Presents.




2. Espero que você já tenha uma imagem ou um vídeo de algum objeto ou pessoa num fundo azul, e uma outra imagem com o fundo que iremos compor. Caso não tenha um vídeo com o fundo azul você pode simplesmente criar facilmente uma imagem no Photoshop de uma pessoa num fundo azul (Recomendo que a salve no formato PSD). Com as imagens prontas, clique com o botão direito do mouse sobre a janela Project, e escolhe Import > File. Será aberta a janela do Browser para você procurar as imagens ou vídeos, encontre-as e clique em OK.



3. Você vai ter os dois arquivos na sua janela Project, um é o fundo normal, e outro é a pessoa num fundo azul. Em modo de exibição "Thumbnail View", ao lado do vídeo ou imagem você tem informações sobre duração e tamanho em pixels.

4. Arraste os seus vídeos ou imagens para a janela Timeline, mas veja, coloque o vídeo de fundo na camada Vídeo 1, abaixo da linha Transition, e o vídeo com fundo azul na camada Vídeo 2.



5. Agora clique com o botão direito sobre o vídeo ou imagem localizado na camada Vídeo 2 e selecione Vídeo Options > Tranparency.



6. Será aberta a janela Transparency Settings. Na lista Key Type escolha Blue Screen. Veja que existem vários tipos de Keys que possibilitam os mais variados tipos de efeitos de transparência. Caso o botão com o desenho de uma página virando esteja selecionado, você verá na janelinha Sample um preview do efeito, para que você possa fazer os ajustes em Threshold e Cutoff, o primeiro ajusta a tolerância do azul, quanto menor o valor os tons mais próximos do azul puro (R=0, G=0, B=255) serão também removidos da imagem. O segundo atua praticamente ao inverso, devolve partes removidas, mas apenas próximas da linha de corte quanto maior for o seu valor.



7. Para visualizar como ficou o efeito, basta pressionar "ENTER" para visualizar um preview redenderizado.



---------------------------------------------------------------

Segue um vídeo que me ajudou bastante também...



Até a próxima e abraços!!!

Di Scapino

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget